Matriz de Kraljic e a Gestão de Compras

Matriz de Kraljic

Matriz de Kraljic

Idealizada por Peter Kraljic, publicada em um artigo na revista Harvard Business em 1983, a Matriz de Kraljic ficou conhecida como uma importante ferramenta  na Gestão de Compras. Embora o modelo já exista há muitos anos ainda hoje é disseminada como ferramenta essencial, fazendo parte dos diversos meios para a prática de Strategic Sourcing.

Qual a Importância da Matriz de Kraljic na Gestão de Compras?

Imagina uma área de compras sem conhecer a fundo as famílias e categorias que são compradas, que não tenha ideia do volume de compras, ou do percentual  de gasto que a área representa para a instituição.

O Modelo de Kraljic propõe organizar a grande quantidade de informações geradas pelo setor de compras e demonstrar de uma forma que o comprador tenha visão estratégica da área, focando nos processos de maior risco, gastando mais energia nas etapas de maior impacto em termos de custo e de mais importância para o processo fim da empresa.

Elaborar a Matriz é difícil?

Livro strategic SourcingDá um certo trabalho para filtrar toda a gama de informações que a área de compras gera, mas ao fim com estes dados tabulados e organizados no modelo, o comprador vai visualizar mais facilmente o panorama das famílias e categorias de sua responsabilidade.

Desta forma  poderá direcionar o foco nos processos que realmente importam, e onde as negociações tem maior potencial de resultados, consequentemente necessitam de mais energia, mas,  que também representam oportunidade de alavancagem do negócio e também da carreira do comprador.

Matriz de Kraljic

A Matriz de Kraljic

A Matriz de Kraljic é baseada  na análise do Impacto no Lucro ( eixo y) e Risco de Fornecimento (eixo x), neste plano que serão alocado os Itens conforme a criticidade, volume e impacto financeiro.

ITENS DE ALAVANCAGEM

São os itens de pouco volume, ( Materiais ou Prestação de serviços)  mas de alto valor agregado pois  tem um alto impacto no fluxo de caixa, também chamados itens de alavancagem. Em geral são fáceis  de Comprar, e podem ser considerados itens de“prateleira”, é neste quadrante que estão a maioria dos itens da CURVA A. Por se tratar de itens com alto impacto financeiro, são também os que mais lhe darão poder de compra.

Estratégia: Foco na negociação.



 

ITENS ESTRATÉGICOS

São os itens mais importantes para o processo produtivo, além de alto valor financeiro são também de impacto na produção, nesta categoria se enquadram também os itens personalizados, de alta dependência e os de dificuldade de fabricação, geralmente com poucos fornecedores.

Estratégia: A estratégia para estes itens é a parceria com o fornecedor e se possível contrato de fornecimento de médio e longo prazo.

 

ITENS NÃO CRÍTICOS

Geralmente é onde se enquadram os itens da “CURVA C”, são  fáceis de comprar, tem muitos fornecedores e tem baixo custo embora representem de 60% a 80% do volume de compras.

Estratégia: Neste quadro a melhor estratégia é a automação do processo, poderão ser adquiridos no esquema “três cotações e Compra”, ou ainda em plataforma eletrônica onde vence quem oferecer o melhor preço. Devido ao baixo custo e facilidade de compra são os itens que só vale a pena negociar se for um volume muito alto e se você já gastou todo o esforço nos demais itens que requerem mais atenção.

 



ITENS GARGALO

São itens de baixo impacto financeiro, mas que representam um risco de não fornecimento, por dificuldade de fabricação, logística  e poucos fornecedores no mercado.

Estratégia: Neste caso vale minimizar risco, comprando por volume.

O que fazer  após a tabulação da Matriz de Kraljic

Uma vez alocados os itens no Modelo de Kraljic, o comprador já terá uma visão mais abrangente das famílias/categorias pelas quais é responsável, e passará a compreender onde deve empreender mais esforços.

Com esta análise já será possível alocar o tipo de comprador ideal para cada família. Para cada estratégia cabe um perfil diferente de comprador, em algum momento é necessário um perfil mais metódico,  e em outro um mais estratégico,  e nos itens de alavancagem um perfil mais negociador mais conhecedor do mercado, que domine uma boa conversa nas rodadas de negociação, compradores de serviços também precisam deste perfil mais negociador e que sejam expert nos serviços que precisam ser contratados.

Créditos : Treinamento de Stratégic Sourcing da Voratte.

Fontes:

https://ibid.com.br/blog/

http://www.administradores.com.br/artigos/tecnologia/kraljic-matrix-conhecendo-melhor/100035/

https://voratte.wixsite.com/blog

Sobre o Autor:

Laurival Silva Laurival Silva Bacharel em Administração de Empresas, MBA Executivo em Saúde pela FGV, apaixonado por Empreendedorismo Tecnologia e Marketing Digital.

3 comentários em “Matriz de Kraljic e a Gestão de Compras”

  1. Cinthia Moraes dos Santos

    Os itens da curva C, embora sejam fáceis de comprar, exigem grande atenção, pois na maioria das vezes não é atingido o valor de faturamento mínimo exigido pelos fornecedores. Neste caso para minimizar impactos e evitar o desabastecimento, os compradores precisam efetuar as compras em maiores quantidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *