Matriz de Kraljic e a Gestão de Compras

Matriz de Kraljic

Idealizada por Peter Kraljic, publicada em um artigo na revista Harvard Business em 1983, a Matriz de Kraljic ficou conhecida como uma importante ferramenta  na Gestão de Compras. Embora o modelo já exista há muitos anos, ainda hoje é disseminada como ferramenta essencial, fazendo parte dos diversos meios para a prática de Strategic Sourcing.

 

Qual a Importância da Matriz de Kraljic na Gestão de Compras?

 

Imagina uma área de compras sem conhecer a fundo as famílias e categorias que são compradas, que não tenha ideia do volume de compras, ou do percentual  de gasto que a área representa para a instituição.

O Modelo de Kraljic propõe organizar a grande quantidade de informações geradas pelo setor de compras e demonstrar de uma forma que o comprador tenha visão estratégica da área, focando nos processos de maior risco, gastando mais energia nas etapas de maior impacto em termos de custo e de mais importância para o processo fim da empresa.

Elaborar a Matriz de Kraljic é difícil?

Livro strategic SourcingDá um certo trabalho para filtrar toda a gama de informações que a área de compras gera, mas ao fim com estes dados tabulados e organizados no modelo, o comprador vai visualizar na Matriz de Kraljic o panorama das famílias e categorias de sua responsabilidade, com mais facilidade.

Desta forma  poderá direcionar o foco nos processos que realmente importam, e onde as negociações tem maior potencial de resultados, consequentemente necessitam de mais energia, mas,  que também representam oportunidade de alavancagem do negócio e também da carreira do comprador.

Compras Hospitalar
Matriz de Kraljic

A Matriz de Kraljic

A Matriz de Kraljic é baseada  na análise do Impacto no Lucro ( eixo y) e Risco de Fornecimento (eixo x), neste plano que serão alocado os Itens conforme a criticidade, volume e impacto financeiro.

ITENS DE ALAVANCAGEM

São os itens de pouco volume, ( Materiais de Manutenção Predial Hospitalar ou Prestação de serviços)  mas de alto valor agregado pois  tem um alto impacto no fluxo de caixa, também chamados itens de alavancagem. Em geral são fáceis  de Comprar, e podem ser considerados itens de“prateleira”, é neste quadrante que estão a maioria dos itens da CURVA A. Por se tratar de itens com alto impacto financeiro, são também os que mais lhe darão poder de compra.

Estratégia: Foco na negociação.



 

ITENS ESTRATÉGICOS

São os itens mais importantes para o processo produtivo, além de alto valor financeiro são também de impacto na produção, nesta categoria se enquadram também os itens personalizados, de alta dependência e os de dificuldade de fabricação, geralmente com poucos fornecedores.

Estratégia: A estratégia para estes itens é a parceria com o fornecedor e se possível contrato de fornecimento de médio e longo prazo.

 

ITENS NÃO CRÍTICOS

Geralmente é onde se enquadram os itens da “CURVA C”, são  fáceis de comprar, tem muitos fornecedores e tem baixo custo embora representem de 60% a 80% do volume de compras.

Estratégia: Neste quadro a melhor estratégia é a automação do processo, poderão ser adquiridos no esquema “três cotações e Compra”, ou ainda em plataforma eletrônica onde vence quem oferecer o melhor preço. Devido ao baixo custo e facilidade de compra são os itens que só vale a pena negociar se for um volume muito alto e se você já gastou todo o esforço nos demais itens que requerem mais atenção.

 



ITENS GARGALO

São itens de baixo impacto financeiro, mas que representam um risco de não fornecimento, por dificuldade de fabricação, logística  e poucos fornecedores no mercado.

Estratégia: Neste caso vale minimizar risco, comprando por volume.

O que fazer  após a tabulação da Matriz de Kraljic

Uma vez alocados os itens no Modelo de Kraljic, o comprador já terá uma visão mais abrangente das famílias/categorias pelas quais é responsável, e passará a compreender onde deve empreender mais esforços.

Com esta análise já será possível alocar o tipo de comprador ideal para cada família. Para cada estratégia cabe um perfil diferente de comprador, em algum momento é necessário um perfil mais metódico,  e em outro um mais estratégico,  e nos itens de alavancagem um perfil mais negociador mais conhecedor do mercado, que domine uma boa conversa nas rodadas de negociação, compradores de serviços também precisam deste perfil mais negociador e que sejam expert nos serviços que precisam ser contratados.

Créditos : Treinamento de Stratégic Sourcing da Voratte.

Fontes:

https://ibid.com.br/blog/

http://www.administradores.com.br/artigos/tecnologia/kraljic-matrix-conhecendo-melhor/100035/

https://voratte.wixsite.com/blog

 

Sobre o Autor:

Laurival Silva Laurival Silva Bacharel em Administração de Empresas, MBA Executivo em Saúde pela FGV, apaixonado por Empreendedorismo, Tecnologia e Marketing Digital.
Comprador profissional

4 comentários em “Matriz de Kraljic e a Gestão de Compras”

  1. O melhor conteúdo da MATRIZ DE KRALJIC que encontrei até o momento. PARABÉNS 👏👏👏

  2. Os itens da curva C, embora sejam fáceis de comprar, exigem grande atenção, pois na maioria das vezes não é atingido o valor de faturamento mínimo exigido pelos fornecedores. Neste caso para minimizar impactos e evitar o desabastecimento, os compradores precisam efetuar as compras em maiores quantidades.

    • Verdade Cinthia, inclusive este problema precisa ser resolvido já na etapa de planejamento da demanda, antes do processo de compras. Planejar com assertividade evita que um item curva C entre em ruptura, gerando um pedido de compra de urgência, e iniciando toda a complicação de cotação de urgência e faturamento mínimo.

Os comentários estão encerrado.